sábado, 25 de setembro de 2010

aquilo


o cinema:
o abraço sedutor da escuridão.
a imagem:
o licor que embriaga o olhar.
a ideia:
o beijo no intelecto.
a história:
a porta fechada que sugere.
o protagonista:
a pele indolor.
o sonho:
o roçagar do vestido comprido da ilusão.
a viagem:
o banco que fica temporariamente vazio.
o sentimento:
o botão de rosa que desabrocha e oferece a sua essência.
o fim.
a verdade com os lábios pintados.

3 comentários:

  1. [é no final que começa o filme inteiro, no instante derradeiro]

    um abraço,

    Leonardo B.

    ResponderEliminar